Pesquisar este blog

14 de jan de 2012

In between courses


Dia 22 agora este blog faz 3 anos e meio de vida. E isso é ir mais longe do que qualquer projeto que eu já pensei em ter na internet. O que eu queria era, como eu disse no primeiro post "fazer críticas ao que eu comesse por aí". E eu fico muito feliz em poder dizer que essa sempre foi a idéia central do blog, porque é meio comum blogs mudarem de foco com o passar do tempo.

Era pra ser só diversão, pra dividir minhas idéias com amigos. Mas em menos de um mês o bagulho já estava enorme, e gente que eu nem fazia idéia de quem era já visitava e comentava. Isso me deu um ânimo que vocês não imaginam, e eu quis sempre fazer mais e mais. Era pra ser só sobre pratos, mas eu comecei a também resenhar produtos industrializados, postar receitas, escrever a minha opinião sobre tópicos gastronômicos em geral, e até a divulgar produtos. Sem falar na minha mudança de comportamento: se antes eu escrevia sobre seja lá o que eu tivesse comido, agora eu escolhia o que comer pensando se renderia uma resenha legal ou não. E foi assim por anos. Resenhas, receitas, tweets, pesquisas, e muito, muito dinheiro investido.

Mas, como foi fácil de notar, aos poucos o intervalo entre posts foi aumentando. A cada post seguinte eu jurava que o ritmo aumentaria, mas nem. Cheguei a jurar que perderia o meu topete - acabei de bagunçar meu cabelo com as mãos ao lembrar disso - caso entrasse em hiato de novo. O que acontece é que, por mais que eu me sentisse extremamente bem a cada vez que eu escrevia, me faltava ânimo pra sentar e escrever de novo. Pudera, afinal de uma hora pra outra a minha vida mudou completamente. Eu tive que começar a me virar sozinho, trabalhar mais, e por consequência ter menos tempo para mim mesmo.

Resultado? Neste último final de ano nem receita de Natal eu postei. E o pior: eu nem percebi. Ou seja, tem faltado muita, muita dedicação da minha parte. E este, que é o melhor projeto que eu já coloquei em prática na vida, não merece ser levado adiante assim, nas coxas.

Esperem. Este não é o fim do blog. Isso tudo foi pra dizer que eu estou dando um tempo. Eu não tenho coragem de acabar assim com o blog. Ele é parte de mim. Mas como eu havia dito, não é justo ele estar em, sei lá, quinto plano na minha vida.

Não sei exatamente quanto tempo vai durar essa pausa. Não mais que o suficiente pra eu pensar bem em um plano novo pra ele (mantendo a mesma idéia), e... bem, dar um tapa nesse layout, porque puta merda, né?

Antes de terminar, acredito que alguns agradecimentos são merecidos nessa primeira fase do blog.

>> Às pessoas que eu conheci graças ao blog, que eu brinco que são "fãs" - meus, não do blog, vocês me conhecem - mas que na verdade saíram da (ugh!) blogsfera e passaram a fazer parte da minha vida. Fran Micheli, Luiz Nogueira, Luciana Medeiros e Guilherme Cavazzana são alguns, mas há outros - na verdade muitos - e é difícil lembrar todos. Mas muito obrigado. Obrigado pelas dicas, críticas, comentários e, nos casos mais significantes, pelos momentos que passaram comigo.

>> Aos meus amigos de fora do blog que sempre me apoiaram e deram idéias. Cicero, Rafz, Letícia, Luigi, Luis Afonso, Pâmela, Charlie, Bianca, Victor, Camila, Jackeline, e tantos outros que tiveram que superar a vergonha de ter alguém na mesma mesa tirando fotos da comida. Obrigado também ao Luciano, que no tempo em que moramos juntos deu bastante apoio ao blog, com idéias de posts, receitas, e inclusive algumas vezes pagando por tudo quando eu não tinha dinheiro. Eu sei que é clichê, mas sem nenhum de vocês isso aqui não tinha durado.

>> A todos os que leem, comentam, perguntam, sugerem, reproduzem receitas, e puxam a minha orelha pra não demorar a postar de novo. Podem continuar puxando, porque eu volto.

>> Obrigado à Alice, um anjo que fez o layout, que nunca mudou!

>> E em especial à Lele. Além de ter sugerido o nome genial pro blog, ela também ajudou a divulgar e, pop do jeito que ela é, trouxe um monte de leitores queridos. Além de ter escrito aqui algumas vezes. É uma honra tê-la na raiz disso aqui.

Abaixo, meus posts favoritos:

Resenhas:
Appetizer - primeiro post.
Café da manhã americano - que eu tomei lá mesmo.
Torta de limão - que tem um pouquinho da minha mãe.
Kappa - de onde saiu a ideia pro blog, e de onde saiu um dos três únicos "5 ketchups"
Cookies do Wal Mart -maior decepção do mundo dos gordos
Häagen-Dazs - que custou SEIS REAIS!
Maranghello - que eu irritei uma galera que chama bolo de "torta"
Um xis no seu coração - sanduíche que só existe no sul do Brasil
Californiano - um dos muitos fiascos do McDonald's nesses quase 4 anos
Dia da Pizza - comparação de duas pizzarias em Porto Alegre
Chá Colonial - outro "5 ketchups"
Doritos Dippas - meu post favorito sobre produtos industrializados
Natuchips Mandioquinha - terceiro e último (até hoje) "5 ketchups"
Hamburgueria Rockets - onde vende coca-cola com água de x*ca
Favoritos mc donald's 2010 - os 7 sanduíches temáticos da Copa do Mundo
Taça Tiramisù - fail fail fail fail fail
Cupcakes de São Paulo - apanhado das casas de cupcake que a Lele e a Polly fizeram (sim, TDUD inteiro escreveu pro meu blog, RÁ!)
Cheese cake da Amor aos Pedaços - se vcs soubessem o quanto eu ri escrevendo isso...
Whopper Três Queijos - não é só o McDonald's que erra feio.
Cheese-cake de doce de leite da Havanna - uma das melhores sobremesas da minha vida.
Muffin de parmesão da Starbucks - agora eu acho que esse também merecia 5 ketchups.
Risoto Brasileirinho - um insulto ao risoto.
Brigaderia - meu maior vício ano passado era pra ser uma série... aliás, será.
Angus Bacon - porque o McDonald's acerta às vezes...
Subway Churrasco - ...e o Subway também erra, e feio

Receitas:
Bolo de caneca - no meu aniversário.
Rabanada Salgada - receita mais genial que eu já postei.
Risotto Ítalo-brasileiro - e eu ainda acho esse nome idiota.
Cookies - o post mais acessado do blog!
Gingerbread Man - desde então eu faço ele todo Natal.
Bolo Colorido - outra receita bastante popular por aqui.
Risotto de abacaxi - uma das receitas que tenho mais orgulho.
Pancakes - com vídeo, merecedor de Oscar, das pancakes sendo viradas

Falando whatevs:
Divagando: Casamentos - conversa nada a ver com a Lele.
Recado para si mesmo - desabafando sobre trabalhar com chocolate.
Ressaca fudida do show do Maroon 5 - onde eu falo da melhor batata frita que eu já comi.
Nojinho - vídeo do que não deve-se fazer na cozinha, mas é mais comum do que se imagina.
O que Einstein disse a seu cozinheiro - livro ultra interessante pra quem gosta de ciência.
Mostra Nacional ZH Gastronomia - evento gastronômico excelente.
Devorando Poemas - poesia pra comer.
Hambúrguer - a minha idéia do que ele deveria ser, e raramente é.
Tipo: Caipirinha é sinônimo de... ? - meu post favorito.

Pra manter contato comigo:

Facebook - Twitter - Formspring - E-mail: claytonkrichinak@gmail.com

É isso. Até logo =')

PS: Ah, claro, o que é aquele Sorbet ali em cima? Bom, ao primeiro post aqui eu dei nome de Appetizer - aperitivo - e a esse, In bewteen courses - prato servido entre dois cursos de uma refeição. Pois foi assim que nasceu o Sorbet, pra limpar o paladar entre um prato e outro, e não como uma sobremesa. Achou que eu ia dar um tempo sem escrever nada novo?

4 comentários:

  1. Meu querido, esse blog sempre foi uma grande referência pra quem gosta de se aventurar na cozinha (tipo eu).... espero que a vida esteja indo bem e que em breve vc consiga voltar com ele.
    E te espero aqui em Ribeirão pra gente ir no Geraldo! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. eu sei lá eu só sei que eu amo você e o blog. quem sabe agora com essa pausa eu consiga comer tudo isso daí, pra te alcançar quando você voltar.

    e outra: SAUDADE! Vem pra Curitiba experimentar receitas, hahah.
    beijo! XuxExO na carreira!

    ResponderExcluir
  3. miTudo bem, Clayton. Estaremos aqui quando (ou se) você postar de novo :)

    ResponderExcluir