Pesquisar este blog

23 de mai de 2013

Casa Garcia

E se eu te contasse que existe um lugar que vende sanduíches baratos ali na Região da Paulista-Consolação (isso mesmo, perto da Bella Bosta Paulista)?

Pois levante suas mãos para o céu (ou pro seu livro do Darwin, sem preconceito!) e agradeça, pois o lugar existe. Fica ali na Baixa Augusta, e é uma mercearia (que galera adora chamar de "empório"). O lugar não é exatamente um restaurante - nada de mesas ou cadeiras. O negócio deles é frios, queijos, conservas, etc. Só que eles também fazem sanduíches. E é aí que eles ganham a sua confiança. Você escolhe o que quer dentro do seu lanche nessa tabela:


 (Se quiser mais de um recheio, o sanduíche sai pelo preço do mais caro)

Daí tipo: Vi pastrami escrito, já sabia que era isso que eu queria. Só que, se eu já sou indeciso no McDonald's, imagina na Disneylândia de queijos que é esse cardápio? Segui a dica que foi me dada e pedi uma sugestão ao rapaz que faz os sanduíches. Ele disse que queijo Gouda vai muito bem com pastrami. Veremos.

Sanduíche de pastrami e queijo gouda

 Primeiro, caso a foto acima não deixe isso claro, olha quanto recheio tem o bagulho. Segundo, o frescor da coisa. Se o Hocca Bar deixa tolenadas de mortadela já cortadas em fatias (cada vez mais grossas), aqui não. O pastrami e o queijo foram fatiados na hora. E por último mas não menos importante: cacete, que lanche bom! Infelizmente o pastrami (embutido de carne bovina defumada) não é tão popular no Brasil, mas eu fortemente aconselho-vos a experimentar pelo menos alguns quilos. E com queijo gouda, que tem um toque adocicado e picante, fica incrível. 

Pela confiança que o rapaz do balcão demonstrou ao me sugerir o queijo, eu só posso tirar uma conclusão: eles sabem o que estão fazendo. Entendem da coisa. Então, se você estiver na dúvida, pode confiar no gosto dos caras. Aposto o meu cabelo.

Quanto? R$8,00
Onde? Casa Garcia. Rua Luís Coelho, 128 (entre a Augusta e a Frei Caneca - sem piadas homofóbicas desta vez, juro!). Tel. (11) 3805-0457

Photobucket

Eu peguei a dica desse lugar no ótimo Rolet 20 Conto. Simplesmente leiam!


 

16 de mai de 2013

Sodiê Doces - Bolo Choc Rosa

"Sodiê Doces". Eu notei, não faz tempo, que eu estava vendo lugares com esse nome em todo o canto. No final das contas, é uma franquia de docerias que tem se espalhado pelo país mais do que piadas sobre a eliminação do Corinthians da Libertadores no seu Facebook hoje. No final das contas, a marca tem dezenas de casas no Brasil. O carro chefe é bolo recheado, vendido em fatias. Yep, concorrente direta da Amor aos Pedaços - porém boa, esperamos.

Mesmo sabendo que eu já tinha comido bolo da Sodiê duas vezes na vida sem nem saber o nome do lugar  (ah, que vergonha do recesso do blog), fui em uma loja essa semana com o único objetivo de fazer resenha. Logo na entrada eu vi que havia um bolo com preço promocional esse mês: Choc Rosa. OE, como eu ando bem fã de morango (Deus abençoe o inverno), fui com tudo nele. Só tive um pouco de receio de que o recheio rosa não tivesse sabor de morango, como acontece com a maioria dos bichos-de-pé por aí. Mas vamos lá, pro bolo Trakinas:


O bolo, como nota-se na foto, tem dois recheios. Aliás, tem mais recheio do que massa de bolo. Primeiro o de chocolate, que tem um sabor bem suave de chocolate, e bem intenso de creme de leite (Rafz, nem sonhe). Excelente e com consistência de ganache. Só deveria ser um tanto mais amargo, o que combinaria melhor com o outro recheio, o rosa. Este é sim de morango (alô alô, graças a Deus!), e é uma delícia sem fim. Mas é puramente industrializado, como deixa claro o pôster da Nestlé na loja. E é aí que a coisa pode ficar zuada.

Por enquanto, os bolos da Sodiê têm um gostinho e uma cara caseiros, mas a expansão da rede de lojas e a necessidade de padronização quando isso acontece  podem nos levar a, no futuro, comer bolo com gosto de máquina. Não seria legal se a rede de docerias pudesse nos garantir que nunca vai virar a tristeza que a Amor aos Pedaços virou?

Onde? Em uma das lojas Sodiê Doces. Espalhadas pelo Brasil. O bolo da foto eu comi na unidade de Carapicuíba.
Quanto? R$31,90 o quilo, mas só por ser o bolo promocional deste mês. Os outros vão de 35 a 40 e poucos reais o quilo. O pedaço da foto, que tinha 140 gramas, custou R$4,47. Justíssimo, né?

Photobucket

14 de mai de 2013

Comida de rua: Tapioca

Amo: comida de rua. Porra, eu tô em São Paulo, e o que tem de barraquinhas e carrinhos por aqui não é brincadeira. E meu, não negue: comida de rua é excelente. Você fica livre dos preços altos, é quase sempre bem atendido, é rápido, tem gosto de feito-em-casa, e o melhor: nenhuma barraquinha se chama Bella Merda Nenhuma, e nada no menu se chama Cacete a Quatro Gourmet.

Daí vai ser uma série de posts aqui no blog (e vocês vão obviamente me ajudar, sugerindo lá no facebook do blog). Inclusive, se alguém souber me dizer se os carrinhos de chineses que fazem yakissoba na Praça da República ainda existem, eu vou ficar muito feliz.

E começamos com um clássico das ruas brasileiras que ganhou sua versão metida a besta sofisticada nos shoppings: Tapioca!


Ontem eu estava chegando (sem café da manhã) à FGV pra dar uma aula, e não tive como não notar a estação de tapioca montada na frente da porta da universidade. A moça super simpática me disse - no meio de uma conversa sobre futebol com um senhor que varria a rua -  que ainda podia fazer pra mim um de queijo, ou presunto e queijo. E, bom, se o nordeste inteiro come tapioca no café da manhã, quem sou eu pra rejeitar?
 

É grandinha, obviamente feita na hora, bem recheada, e ó: se você quiser ela dá um toque final de margarina por fora, que tosta a tapioca e dá esse douradinho que, puta merda! Ela também oferece outros sabores (só margarina, leite condensado, chocolate) e fica lá quase a manhã inteira. De fato uma ideia excelente pro café da manhã. Só estava com um leve gostinho de queimado por fora. Mas acredito que eu tive um certo azar. Sem contar que, na boa? Achei um charme.

Quanto? R$3,00
Onde? Em frente à Fundação Getúlio Vargas. Rua Itapeva, 432 - Bela Vista, São Paulo

Photobucket