Pesquisar este blog

14 de mai de 2013

Comida de rua: Tapioca

Amo: comida de rua. Porra, eu tô em São Paulo, e o que tem de barraquinhas e carrinhos por aqui não é brincadeira. E meu, não negue: comida de rua é excelente. Você fica livre dos preços altos, é quase sempre bem atendido, é rápido, tem gosto de feito-em-casa, e o melhor: nenhuma barraquinha se chama Bella Merda Nenhuma, e nada no menu se chama Cacete a Quatro Gourmet.

Daí vai ser uma série de posts aqui no blog (e vocês vão obviamente me ajudar, sugerindo lá no facebook do blog). Inclusive, se alguém souber me dizer se os carrinhos de chineses que fazem yakissoba na Praça da República ainda existem, eu vou ficar muito feliz.

E começamos com um clássico das ruas brasileiras que ganhou sua versão metida a besta sofisticada nos shoppings: Tapioca!


Ontem eu estava chegando (sem café da manhã) à FGV pra dar uma aula, e não tive como não notar a estação de tapioca montada na frente da porta da universidade. A moça super simpática me disse - no meio de uma conversa sobre futebol com um senhor que varria a rua -  que ainda podia fazer pra mim um de queijo, ou presunto e queijo. E, bom, se o nordeste inteiro come tapioca no café da manhã, quem sou eu pra rejeitar?
 

É grandinha, obviamente feita na hora, bem recheada, e ó: se você quiser ela dá um toque final de margarina por fora, que tosta a tapioca e dá esse douradinho que, puta merda! Ela também oferece outros sabores (só margarina, leite condensado, chocolate) e fica lá quase a manhã inteira. De fato uma ideia excelente pro café da manhã. Só estava com um leve gostinho de queimado por fora. Mas acredito que eu tive um certo azar. Sem contar que, na boa? Achei um charme.

Quanto? R$3,00
Onde? Em frente à Fundação Getúlio Vargas. Rua Itapeva, 432 - Bela Vista, São Paulo

Photobucket




5 comentários:

  1. na verdade, nós não comemos tapioca sempre aqui no nordeste, e ela não é desse jeito. é enrolada e feita com apenas manteiga, no máximo coco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Que não se colocava esse tipo de recheio por aí eu sabia, mas quase nunca vi enrolada.

      Sobre comer sempre... bom, café da manhã muda muito, né? Quando eu falei sobre tapioca ser comida de café da manhã daí, pensei no quão típica ela é.

      De novo, obrigado =)

      Excluir
    2. Então, não é diariamente, mas eu como no café da manhã tbm. Aqui em Aracaju/SE tem recheio de tudo que é jeito. Minha preferida é de charque com queijo coalho. E não se coloca margarina, e sim manteiga artesanal.

      Excluir
  2. Quando vi o post no Google Reader pensei nessa barraca da Itapeva mesmo, imagino que seja uma das poucas de tapioca nessa região. Perto da GV tem milho e pipoca também, só não tem dog @_@

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, depende do estado do Nordeste. Aqui em Pernambuco é desse jeitinho mesmo, só que é mais normal encontrar a de coco. Clayton, comecei a ler seu blog na sexta e não consigo mais parar. Muito bom! (:

    ResponderExcluir