Pesquisar este blog

24 de dez de 2008

Natal


Primeiro de tudo: A partir de hoje, Eat N' Tell entra em recesso. Vcs estão vendo que eu ando sem muito tempo pro blog. Então, aproveitando as festas, vou dar um tempo até - no máximo - meados de janeiro.

Mas para se despedir do ano e dar uma alternativa pros colega que ainda não sabem o que fazer pra ceia de Natal, fecharemos o ano com uma receita de sobremesa.

Daí que assim: uma amiga da família passou pra mim a receita do manjar de coco com ameixa dela que tipos... é maravilhoso. E eu resaolvi trocar a ameixa pelo pêssego, fazendo uma releitura do pavê de pêssego e coco, que é uma receita clássica de natal aqui da minha família. Dei meus pulos, fiz meio que às pressas e correndo atrás de coisas no supermercado em plena véspera de Natal, mas super deu certo. Divirtam-se.

Manjar de Natal

Levar ao fogo: uma lata de leite condensado,

500 ml de leite, misturados com...

...5 colheres de amido de milho.

200 ml de leite de coco
e 5 colheres de leite em pó. Sim, sim, muito leite.
Misturar bem, em fogo baixo, sem parar...

...até dar ponto de creme. Se empelotar, bater com fouet (como na foto).

Despejar em uma forma para pudim, molhada com calda de pêssego em conserva. Deixar sob refrigeração por no mínimo 4 horas.

Enquanto isso, corte em tiras finas o pêssego em conserva. Este processo não vai demorar 4 horas, no máximo 10 minutos. Vc pode passar as 3 horas e 50 minutos restantes ouvindo a introdução de uma música do Pink Floyd.

Desenforme e decore com o pêssego e/ou outras frutas que desejar, e regue com a calda do pêssego. Eu usei também cerejas frescas e hortelã... pra dar uma cara de Natal, pq né?

E é isso. Façam, comam e contem.
Feliz natal e feliz ano novo a todos que lêem e acompanham este blog. Nos vemos em 2009! Flws ae.

17 de dez de 2008

Chipás

Quando vc acha que sabe muito sobre alguma coisa, te vem um balde de água fria e te mostra que vc não sabe puerra nenhuma.

Foi assim com o pão de queijo. Pra mim, era óbvio que.... duh, pão de queijo é brasileiro. Foi inventado em Minas Gerais por uma velhinha que fazia pra vender no quintal de casa e vendeu tanto que criou uma rede de fast-food em cima da iguaria. Ok, depois da parte da velhinha é tudo mentira. Mas eu, como muita gente, tinha certeza que o baguio era indiscutivelmente tupiniquim.

Acontece que não se sabe ao certo a origem dele, mas na Argentina e principalmente no Paraguai se consome um pãozinho muito semelhante, chamado chipá. Também é feito com polvilho, ovos, queijo e gordura, mas é moldado de forma diferente do pão de queijo brasileiro. Enfim, antes de falar das chipás que eu encontrei no pão de açúcar, contarei-vos de como o balde d'água caiu sobre minha cabeça.

Quando eu fui morar fora, levei um pacote de polvilho azedo, pra fazer pão de queijo e, além de matar a saudade dele, mostrar pra galera de fora o que é o melhor elemento da gastronomia brasileira. Na última semana que eu estava lá, eu finalmente fiz o tal cheese-bun, depois de fazer muita propaganda dele pros meus amigos argentinos e peruanos. Massa feita, pãezinhos assados, e...

- ¡Pero esto es chipa!

E Clayton faz a maior cara de bunda já vista na história.

Chipás, ou chipas
Onde?
Pão de Açúcar
Quanto? R$1,80 cada 100 gramas
+ Praticamente igual ao pão de queijo. Ou seja: óóóótima!
- Não é tão macia quanto o pão de queijo brasileiro, e também é um pouco mais oleosa e pesada.

Afinal, vale pena? Sim, para experimentar. Mas é difícil dizer, pq... oi? feita no Brasil? Se alguém já comeu chipá no paraguai, contaê como é.

Avaliação:
Photobucket

14 de dez de 2008

Pain et Chocolat


Calhou de eu ter trabalhado uma semana em uma área cheia de restaurantes, bares e etc. E um desses lugares é a Pain et Chocolat, doçaria badalada em Moema, São Paulo. Um dia eu passei por lá pra dar um oi pra Jackeline, minha amiga sortuda que estagia lá, e resolvi parar pra fazer pauta aqui pro blog.

As vitrines são tentadoras. Tortas, mousses, charlotes, bolos... tudo com uma aparência impecável e convidativa diferente do preço, cof cof.

Escolhi um cheesecake com calda de frutas vermelhas. Bom, eu diria que... ahm... é uma releitura do cheesecake. Já explico pq:

Cheesecake de frutas vermelhas
(Copinho, calçado com massa doce, preenchido com recheio de cheesecake, e coberto com calda de frutas vermelhas, morango, e gotas de chocolate branco. Não é em formato de torta.)
Quanto? R$3,50
+ Recheio maravilhoso. Idêntico ao cheesecake americano! Bem cremoso, sabor lácteo... perfeito
- Não enche nem o buraco do dente.
Afinal, vale a pena? SIM.

Mas... vos conto um segredo: Eu sou neurótico. Se eu estou em um lugar chamado Pain et Chocolat (pão e chocolate), eu vou querer comer... pão e chocolate. Foi o que me fez comprar um...

Brioche de chocolate
Quanto? R$1,80.

Bom, daí o o que vc espera? Um pãozinho macio, adocicado, e com um pingo de recheio insosso de chocolate? Foi oq eu esperei. mas, ahmm...

.

.

.

.

.

.



Eu estava errado.

E é praticamente PURO chocolate meio amargo. Meu... !!! Nem precisa dos pontos positivos e negativos, muito menos se vale a pena né?

Onde? Pain et Chocolat.
R. Canário, 1301 - Moema, São Paulo. (11) 5094-0550

Avaliação do lugar:
Photobucket

11 de dez de 2008

El Botin

Então... minhas aulas acabaram, e galeres foi fazer despedida num restaurante mexicano. Pq né... confraternização de uma turma de Gastronomia no Habib's... seria 2 anos de estudos por água abaixo.

Daí que todo mundo foi de rodízio. Como funciona: por um preço X vc recebe 5 pratos típicos mexicanos, além de sobremesa. Pareceu valer a pena, e a gente sijogou. Vamo lá:

1 Nachos com dips. Traduzindo: Doritos sem tempero pra mergulhar nos molhinhos.
+ Quantidade generosa de nachos, e boa variedade de dips, que aliás estavam ótimos. Destaque pro chilli.
- Oi? Cadê a pimenta na guacamole?

2 Potato skates. Barquinhas de batata assada com queijo processado fundido dentro.
+ Jesuis! Ô coisa boa. Cancela o resto e manda mais 50?
- Batata meio gordurosinha. Lipo nela!

3 Quesadilla. Vieram duas: de carne e de frango. Basicamente é uma tortilla recheada com carne/frango e queijo - muçarela, aliás - e cortada em triângulos.
+ Me ganhou na quantidade de queijo.
- Tipo... naonde que comida mexicana é feita com muçarela? Queijo minas frescal, ou até queijo prato ficaria mais autêntico, ficadica.

4 Burrito. EXATAMENTE igual a quesadilla, mas a tortilla é dbrada diferente... da quesadilla e do burrito tex-mex original. Tsc tsc.

5 Taco. Tortilla crocante de milho recheada com carne, vegetais e queijo.
+ Finalmente um prato igual à comida mexicana dos Estados Unidos. Até um pouco de pimenta tem, vejam só!
- Faltou um pouco mais de carne no recheio.

6 A tal da sobremesa. Demorou 40 minutos pra vir, e no final o que era? Um taco recheado com sorvete. E de baixa qualidade. E difícil de comer. Meu, não precisava ser um autêntico flan mexicano. Mas tacar sorvete ruim no taco é de doer né. Pô, recheia um burrito com ganache de chocolate e pimenta. Frustrante até as tampa.

Onde? El Botin. Rua Das Figueiras nº473, Santo André, SP.
Tel. (11)4437-2945

Quanto? R$38,00 o rodízio.

Afinal, vale a pena? Nem de longe. Não é por ser tudo tex-mex em vez de mexicano. Mas é pela falta de criatividade e de autenticidade. Sem falar na demora. El Botin precisa comer muito feijão - literalmente - pra ser um restaurante mexicano de verdade.

Avaliação:
Photobucket

9 de dez de 2008

Xorry

Meu, desculpa. Dessa vez eu bati o recorde de ficar sem postar.
O que acontece é o seguinte: lembram que eu estava procurando estágio? Então, super consegui um. Em uma confeitaia/doçaria/café/restaurante, em Moema.

Opa, legal, é a minha hora de não só falar mas também fazer alguma coisa pela gastronomia meio sofrida desse país. Bom... não foi exatamente assim. A não ser que lavar pratos, copos, panelas e talheres signifique fazer algo pela gastronomia sofrida desse país. Traduzindo: não rolou. E eu estou desempregado, vejam só! Portanto, continuo aceitando oportunidades.

Mas isso tudo me desgastou bastante e me deixou ausente aqui do blog. Então peço desculpas. E ah, amanhã eu volto com uma resenha BEM afiada de um restaurante mexicano!

PS: Antes que comecem, eu explico: EU SEI que lavar louça faz parte quando vc trabalha com comida. E também EU SEI que vc deve ser humilde quando está no começo e não ter frescura com nada. Acontece que isso era SÓ o que eu fazia naquele lugar. No máximo eu mexia uma panela de brigadeiro e fazia um suco de polpa congelada. E isso não ia mudar, não importa quanto tempo eu ficasse lá. Agora sim, me chamem de arrogante o quanto quiserem.