Pesquisar este blog

25 de jul de 2011

Tipo: Caipirinha é sinônimo de... ?

Vou postar não-resenhas aqui também. Tipo, eventualmente eu passo um bom tempo pensando em certas coisas gastronômicas, e decidi dividir isso com vocês.

A primeira é algo que eu tenho pensado há muito tempo. Dado o meu último evento com o assunto, não tive escolha a não ser começar por ele mesmo. Caipirinha.

Caipirinha é sinônimo de quê? Sério, pense muito bem no que você quer quando pede uma caipirinha, e só então responda essa pergunta.

A grande maioria das pessoas que eu conheço prefere caipirinha com vodca, rum ou saquê, e feita com limão, maracujá, kiwi, morango, carambola, e etc. Nomes alternativos (caipiroska, saquerinha, caipiríssima, caipimerda-nenhuma, etc) foram criados pra manter a identidade da caipirinha tradicional. Na boa, até aí eu não tenho do que reclamar. Desde que a tradicional mantivesse o mesmo nome.

Quando pensei em escrever sobre isso, resolvi tuitar a mesma pergunta ("O que é caipirinha?") pra ter evidência do que eu estou falando. Recebi algumas respostas engraçadonas, uma ou outra correta, e a mais esperada e desejada:

"Bebida com pinga/vodka/saquê e frutas esmagadas com açúcar. Acho que isso define, né?"

Ok. O meu argumento tem base. Agora vamos às minhas histórias.

Há dois anos eu era bartender em um restaurante japonês. Muitas, muitas e muitas saquerinhas saíram das minhas mãos. Algumas caipiroskas também, a desgosto deste que as preparou, além de poucas caipirinhas de verdade. E nunca houve reclamação. Em um sábado agitado, o filho da dona do restaurante (um cara de, sei lá, 18 anos) ficou lá pra me ajudar. Chegou um pedido de caipirinha, e ele tomou a iniciativa de executá-lo. Drink pronto e na bandeja do garçon, quase sendo levado à mesa, eu perguntei a ele:

- Que bebida você usou nessa caipirinha?
- Vodca ué. Caipiririnha é feita com vodca, certo?

Fiquei na minha, guardei o drink que ele fez (rezando pra que chegasse um pedido de caipiroska antes que aquela amargasse), e fiz uma caipirinha de verdade. Sem dar sermão, sabe-se lá como, dada a minha pedância.

Daí sábado agora eu fui a um bar com meus amigos. Um deles pediu uma caipiroska, e eu pedi uma caipirinha, mas não sem antes ser questionado se eu queria limão ou morango no meu drink. O pedido do meu amigo chegou, e uns minutos depois veio o meu. Experimentei, e concluí que aquilo tinha sido feito com vodca. Minha amiga, super querendo evitar climão, trocou o mojito dela pela minha, well, caipiroska. Na rodada seguinte eu pedi pro mesmo garçon:

- Uma caipirinha, por favor. Mas dessa vez pede com cachaça... aquela outra veio com vodca.
- Ah, ok, aquela veio com vodca porque, bem... caipirinha é feita com vodca, né?

Tipo. Se no churrasco da firma você e seus amigos quiserem fazer o baguio com vodca e chamar de caipirinha, ok. Ninguém pode impedir. Mas, CACETE! Se nos bares o sinônimo de caipirinha é "drink feito com vodca e frutas à sua escolha" existe algo muito errado aí. E quem tem que mudar é quem sabe o que é a maldita bebida?!

A mesma amiga que trocou os drinks comigo disse que o garçon não estava errado, já que o menu mesmo tinha vodca na definição. E ela não está errada. Nem o garçon, e sequer meu colega blogueiro que tuitou aquela resposta está errado. O problema é que essa coisa linda chamada Brasil tem dificuldade em manter identidade. E não, não é porque a cultura evolui. Experimenta falar pra um mexicano que Margarita é seja lá o que for, mas sem tequila. Tenta perguntar pra um bartender de Nova York se ele te faz um Cosmopolitan sem vodca. E não reclama das respostas mal-educadas.

De novo: nomes criativos pra batizar seus (ok, me rendo) bons drink são ok. Mas caipirinha sempre foi e sempre será:

Cachaça, açúcar, limão e gelo.

E nada além. Não importa o que você prefere. Não com esse nome.

7 comentários:

  1. Li o texto e visualizei você dizendo tudo isso e batendo na mesa, com cara de poucos (nenhum) amigos.

    Also: já tem tema pra um TCC de uma eventual pós-graduação.

    ResponderExcluir
  2. Quando você lançou a pergunta no twitter, na hora tive certeza que vinha um post sobre a festa da uva que virou o termo caipirinha.
    Caipirinha de morango, com sakê... daqui a pouco colocam adoçante e acham que tá tudo bem, heh.

    ResponderExcluir
  3. Aliás, seu post me lembrou uma das clássicas da faculdade (eike saudades): caipirinha de ypioca, a caypiroca.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, assino embaixo. Passo muita raiva quando o povo fala que caipirinha é com vodka. Qual a dificuldade de entender a equação cachaça + limao + açucar. O que você está bebendo pode até ser bom, mas não é caipirinha!!!

    ResponderExcluir
  5. Excelente post!
    A original só pode ser com cachaça

    ResponderExcluir
  6. sempre fico por aqui apenas babando, mas hj me manifesto pra dizer que está apoiadissimo! ehhe
    beijos!

    ResponderExcluir