Pesquisar este blog

11 de out de 2008

Feijoada - Restaurante Florestal

Uma hora ou outra o prato nacional teria que entrar aqui, né? E eu gosto muito e sinto orgulho, diferente de outros *cof cof* símbolos do Brasil, como o futebol (parêntese extremamente necessário: o esporte não foi criado aqui, tem nome em inglês, e é jogado no mundo todo, tão competitivo e bom quanto aqui. COMO que é o simbolo desse país, meu Deus?)

Bom, daí que aqui em São Bernardo existe a
Rota dos Restaurantes. Uma avenida com tipos vários restaurantes similares, que servem principalmente os funcionários das empresas das redondezas no almoço, além de serem as opções mais procuradas da cidade para jantar. O carro chefe da maioria deles é o frango com polenta, e os mais famosos são o São Judas Tadeu Demarchi, e o Florestal. Daí quarta feira eu fui almoçar neste último. Serviço de buffet por quilo.

Provavelmente quem não é de São Paulo não sabe, mas existe aqui um cardápio semanal que a maioria dos restaurantes segue pro horário do almoço. E quarta-feira, assim como sábado, o prato do dia é Feijoada. Adivinha o que tinha no Florestal quarta então?
There you go.

Nome: Feijoada

O que inclui: O self-service do restaurante incluía todos os elementos tradicionais. Do feijão com carne de porco até os torresmos e laranjas. No meu prato eu coloquei:
> Arroz branco
> Couve com bacon
> Torresminhos
> Farofa temperada
> Molho picante
> Feijão preto
> Paio, linguiça, carne-seca e costela. Xiitas que me xinguem, mas não curto orelha, rabo
(heh), pé e todas essas coisas sem graça e sem gosto que galera coloca na feijoada.

Quanto? R$27,90 por quilo. O meu prato deu uns R$14,00. Além do prato do dia, existem vááárias outras opções, incluindo saladas, massas, grelhados e sobremesa, que aliás não se cobra o peso. Se vc vai no self-service, tem direito a sobremesa à vontade. Idéia que muito me agrada.

Positivos: As carnes são dispostas em panelas separadas. Uma pra linguiça, uma pra orelha, outra pro pé, e aí vai. Isso é feito em praticamente todos os lugares que servem feijoada, e eu acho justo. A comida estava ótima, destaque pros torresminhos!

Negativos: Acho que faltou um pouco de tempero... sei lá, estou acostumado a comer feijoada com bastante alho no feijão. E o molho picante estava tão picante quanto novela das seis.

Afinal, vale a pena? Sim. O preço não é absurdo e a feijoada é boa. Dica: Certifique-se que depois de comer vc irá para um lugar onde se pode dormir. O sono que dá depois é inexplicável.

Avaliação:
Photobucket
-

Anexo: Cardápio Semanal Paulista
Segunda-feira - Virado a Paulista
Terça-feira - Bife a rolê
Quarta-feira - Feijoada
Quinte-feira - Macarrão e frango
Sexta-feira - Filé de pescada à milanesa
Sábado - Feijoada
Domingo - Massas

9 comentários:

  1. Nossa, só pq eu tava com vontade de comer feijoada HOJE...
    Pensei nisso assim que acordei!
    Deu até água na boca...

    ResponderExcluir
  2. Lembrei de vc ontem, comi rodízio de comida chinesa num restaurante aqui de Bauru...e tava divino, porém teve o mesmo problema da feijoada...tive q fazer uma pausa beeeem longa depois, jiboiei legal...

    minha barriga deixava Jolie grávida de Gêmeos no chinelo...rs

    ResponderExcluir
  3. nossa, eu tb tive que jiboiar na casa do namorado (foi uma vez só) uma vez que minha sogra fez feijoada. deliciosa, com couve, laranja, farofa e as carninhas. amo!

    e isso não se faz, me fazer ler sobre feijoada e a essa hora. damn it!

    ResponderExcluir
  4. Lembrando que na mesma avenida há a rota dos motéis, onde se pode comer tão bem quanto nos restaurantes =]

    ResponderExcluir
  5. "tão competitivo e bom quanto aqui.." zuou né??? A ucrânia realmente tem craques no nível de robinho e ronaldinho gaúcho. Futebol é simbolo nacional porque não é qualquer país que produz craques como o Brasil. Ganhou minha tipatia... beijos.

    ResponderExcluir
  6. Feijoada e soninho de quatro horas após o almoço correspondem ao céu!
    ;)
    E da-lhe ponte de safena!!!

    ResponderExcluir
  7. Foi mal ae... Se eu te ofendi desculpa... o "ganhou minha tipatia" é uma expressão que eu uso muito no mundo real, mas eu não esperava que fosse criar tanto mal estar no mundo virtual. Eu não posto no how fas há muito tempo, aliás, em nenhum dos meus blogs. Eu falei pro Gabriel, (o dono do how fas) que ele pode deixar lá ou tirar, ele que sabe.
    Enfim, recado dado. ;)

    ResponderExcluir
  8. Cara, adoro comer no São Judas e no Florestal

    Comia sempre em um antes de ir pra Praia Grande, na minha infância.

    Era sempre o mesmo cardápio (que não tem mais).

    Frango com polenta, risoto de miúdos (que virou de frango, antes era mto melhor) e salada verde.

    Aliás, ainda existe o restaurantezinho Gaia?

    ResponderExcluir